sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Que sentimento é esse??

Não sei o que é isto que estou sentindo...
Talvez ódio, medo, raiva, repugnância dos meus sentimentos, da minha vida monótona, incerta, insegura.
Cansei de ser realista e ser obrigada a esquecer toda a pureza, a candura, que habita em mim para seguir as ordens, as regras... Que os 'adultos' teimam em impor para que a vida seja vivida da forma que acham ser a mais conveniente.
Cansei de ser acanhada e esconder quem eu sou, o que estou sentindoe o que estou pensando, quando estou tão angustiada, com raiva, triste, apaixonada ou seja lá o que for só para não magoar alguém ou demonstrar o que realmente sou e estou vivendo!
Cansei de fazer as coisas certas e mesmo assim me sentir solitária, abandonada.
É, cansei me sentir sozinha, mas às vezes estar sozinha é a melhor solução, principalmente quando se percebe o caráter das pessoas que estão ao seu lado.

Cansei de me esconder para não magoar ninguém.
Cansei de não ter coragem para mudar as coisas.
Cansei de me preocupar com coisas insignificantes e não dar uma trégua para meu pensamento.
Cansei de não esquecer es coisas.
Cansei de sofrer em silêncio.
Cansei das injustiças que existentes no mundo.
Cansei de não poder confiar nos outros.
Cansei das mentiras que as pessoas dizem por pensarem somente em seu próprio bem.
Cansei do modo como o ser humano é, tão egocêntrico, egoísta não vendo os sentimentos do próximo.

Cansei do modo como gosto e desgosto tão facilmente das coisas e pessoas.
Cansei de ver que não dão valor pra mim e me tratam como um objeto, eu tenho sentimentos, tenho uma vida! Sou frágil, sensível, por mais que não pareça!
Também cansei de nunca fazer nada para mudar nada disso.
Cansei de me sentir assim, de sentir sentimentos assim... De ver como o mundo está, como as pessoas estão... Cansei de não conseguir mudar rigorosamente tudo isso, por isso durmo todas as noites com vontade de mudar o mundo e levanto todas as manhãs com o intuito de fazer algo para mudá-lo.

Alexandra Xavier

Um comentário:

Mateus disse...

Deixe a mente fluir!